Seja bem-vindo ª

Seja bem-vindo ª

O milagre de BARTIMEU

O milagre de BARTIMEU

Texto-base: Marcos 10.46-52
E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.
E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.
E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.
E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.
E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.
E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.
E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.”
Por trás de todo o milagre existe grandes fatos de uma linda, porém, dolorosa história.
Qual é, em sua opinião, o maior destaque desse texto de milagre? O que mais lhe chamou a atenção neste relato bíblico?
• A ATITUDE DE BARTIMEU
O texto bíblico nos diz que Jesus e seus discípulos chegaram a Jericó e que, quando estavam saindo da cidade, Bartimeu, um cego, estava sentado à beira do caminho, pedindo esmolas. Quando o cego ouviu dizer que Jesus estava passado por ali, começou a gritar: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! (v.47).
Toda ação gera reação.
• A REAÇÃO DA MULTIDÃO
À atitude de Bartimeu, a multidão que seguia Jesus reagiu com repreensão, dizendo para ele ficar quieto (v.48).
A bíblia nos fala Sambalate e Tobias, que ficaram indignados e descontentes ao saber que Neemias iria reconstruir os muros de Jerusalém. Estavam em Jerusalém e nada faziam para resolver o problema, mesmo assim, sentiram-se incomodados com quem estava trabalhando e buscaram desanimar o povo e usaram até de profecia para trazer problema.
Quero ressaltar que, devemos ser sábios em entender, que nem toda reação contraria ao nosso desejo é do diabo, ou, desejos contrários a nossa vitória. BUSQUE analisar tudo.
Quero ressaltar também e lhe perguntar:
Quem matou Abel? Seu irmão
Quem vendeu José? Seus irmãos
Quem expulsou Jefter? Seus irmãos
Quem sentiu inveja de Davi? Seus irmãos
Quem não ficou contente com a volta do filhos prodigo? Seu irmão
Más todos foram abençoados por Deus...
Resumindo, não pare, não desista, teu negócio é com o Pai e não com os irmãos.
Entendeu?! O negócio de Bartimeu não era com a multidão, era com Jesus.
Nunca busque aprovação de homens e sim a aprovação divina.
Más pra toda reação, tem uma contra reação.
• A CONTRA-REAÇÃO DE BARTIMEU
À reação da multidão, Bartimeu contra-reagiu com indiferença, passando a gritar ainda mais: “Filho de Davi, tem misericórdia de mim!” (v.47).
• A PERGUNTA DE JESUS A BARTIMEU
Diante dos gritos de Bartimeu, Jesus pediu que o chamassem e lhe perguntou: “O que você quer que eu lhe faça?” (v.51).
Tratando-se Bartimeu de um cego, uma enfermidade evidente, a pergunta de Jesus, aparentemente, era descabida.
Quais são as lições que podemos extrair dessa história para as nossas vidas?

A. Na busca pelo milagre, podemos sofrer oposição
Na busca pelo seu milagre, Bartimeu sofreu a oposição da multidão. O mesmo pode se dar com cada um de nós na busca pelos milagres de que necessitamos.
Essa oposição tem por objetivo nos desanimar e parar, de modo que não recebamos o milagre e continuemos com a necessidade.
Essa oposição pode ser encabeçada por Satanás, palavra hebraica que significa adversário, o qual veio para matar, roubar e destruir (João 10.10) e, certamente, não quer que alcancemos os milagres de Deus para as nossas necessidades.

B. Diante da oposição, devemos perseverar
Diante da repreensão da multidão, Bartimeu não se calou, mas gritou ainda mais (v.48). Ele perseverou frente à oposição.
A mesma atitude nós devemos ter, se quisermos alcançar o milagre. Há apenas duas razões para não perseverarmos na busca do milagre: 1. A realização do milagre; 2. Uma clara e definitiva resposta “não” da parte de Deus (apesar de, em alguns momentos, Deus querer ver a nossa perseverança mesmo diante de um “não” da sua parte, como foi, por exemplo, o caso da mulher cananéia de Mateus 15.21-28.).
Também uso como um bom exemplo a situação do Rei Ezequia em Isaias 38: 1-5 quando Deus o disse: “Naqueles dias Ezequias adoeceu de uma enfermidade mortal; e veio a ele o profeta Isaías, filho de Amós, e lhe disse: Assim diz o SENHOR: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás, e não viverás.
Então virou Ezequias o seu rosto para a parede, e orou ao Senhor.
E disse: Ah! Senhor, peço-te, lembra-te agora, de que andei diante de ti em verdade, e com coração perfeito, e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo.
Então veio a palavra do Senhor a Isaías, dizendo:
Vai, e dize a Ezequias: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que acrescentarei aos teus dias quinze anos.
E livrar-te-ei das mãos do rei da Assíria, a ti, e a esta cidade, e defenderei esta cidade.
E isto te será da parte do Senhor como sinal de que o Senhor cumprirá esta palavra que falou.
Eis que farei retroceder dez graus à sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim retrocedeu o sol os dez graus que já tinha declinado.
O escrito de Ezequias, rei de Judá, de quando adoeceu e sarou de sua enfermidade
:
Deus disse à Ezequias que morreria e que não viveria mais, ele chorou muitíssimo, ele virou o seu rosto na parede e clamou a Deus dizendo sobre sua vida e fé na presença de Deus. Então o mesmo Deus disse ao mesmo profeta, que volta se lá e o entrega-se uma outra profecia dizendo: “Ezequias você não vai morrer agora, te dou mais 15 anos de vida”. A profecia veio com mais benção, Deus ainda o disse: “Ezequias, vou te livrar das mãos dos teus inimigos, vou te defender contra o rei da assíria como sinal”. NA MEDIDA da FÉ, DEUS FAZ MONTES MOVEREM!
Ex: A HISTORIA do BEBE do AMIGO do STAFAEL, traduzindo “QUEM não chora, não mama” “Quem não pede, não recebe”, “Quem não busca não encontra”.
Quanto a isso, em Lucas 18.1 está escrito que “Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deveriam orar sempre e nunca desanimar”. Trata-se da Parábola da
Viúva Persistente, que nos conta a história de uma viúva que continuamente suplicava a um juiz que lhe fizesse justiça e foi atendida tendo em vista a sua insistência.
E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer,
Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava o homem.
Havia também, naquela mesma cidade, uma certa viúva, que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário.
E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens,
Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito.
E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz.
E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles
?”.

C. Na busca pelo milagre, devemos ter ânimo e fé
Assim que Bartimeu foi informado de que Jesus o estava chamando, de acordo com o texto bíblico, lançou sua capa para o lado, de um salto pôs-se em pé e dirigiu-se a Jesus (v.50). Além disso, ao ser curado, ele ouviu de Jesus: “, (...) a sua fé o curou” (v.52).
Pode-se dizer assim que, na busca pela cura de sua cegueira, Bartimeu demonstrou ânimo e fé. Em outras palavras, ele teve uma atitude positiva. Não ficou desanimado e murmurante diante da oportunidade do milagre.

D. Na busca pelo milagre, devemos ser objetivos, diretos e honestos em nossos pedidos
Ao se encontrar com Bartimeu, Jesus lhe perguntou: “O que você quer que eu lhe faça?” (v.51). Ao que Bartimeu respondeu: “Mestre, eu quero ver” (v.51).
Diante da pergunta de Jesus, Bartimeu não ficou ofendido, irritado, desapontado, ou falou qualquer coisa. Ele disse objetiva e diretamente o que queria. E o recebeu. Semelhantemente, quando estava em tribulação e angústia no Jardim do Getsêmani, Jesus fez um pedido objetivo e direto ao Pai, mesmo que parecesse absurdo: “Afasta de mim este cálice” (Marcos 14.36), ou, em outras palavras, livra-me da condenação de morte por crucificação. Da mesma forma, na busca pelo milagre, devemos ser objetivos, diretos e honestos em nossos pedidos a Deus, ou seja, assertivos.

Conclusão:
Tendo em vista as lições extraídas do milagre de hoje, o que você tem que mudar em sua busca pelo milagre? Está gritando pouco? Tem sido de pouca fé? Orando pouco?

A lição de hoje nos falou de perseverança, ânimo, fé e assertividade em nossa busca pelos milagres de Jesus em nossas vidas.
Share on Google Plus

About Pastor Euller Souza

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário