Seja bem-vindo ª

Seja bem-vindo ª

Evangelização do mundo.

Evangelização do mundo.

Texto base: 2Reis 6.24 - 7.20
Introdução:
Está no ar a Estação do Crescimento!
Nessa estação, a ênfase da IBC-ILHA estará na evangelização de pessoas que não conhecem o Evangelho do Reino de Deus. Por isso, nos próximos dias, as pregações dominicais da igreja e dos pequenos grupos terão como tema a evangelização, o Evangelho do Reino de Deus, etc.
Precisamos que o Espírito Santo converta muitas pessoas a Cristo através do nosso trabalho!
No Segundo Livro dos Reis, no Antigo Testamento da Bíblia, há uma história extraordinária: a história do cerco militar realizado por Ben-Hadade, rei da Síria, à cidade de Samaria, capital do Reino de Israel.
A partir dessa história, vamos extrair hoje, algumas lições quanto à obra de evangelização do mundo que o Senhor Jesus deseja que os seus discípulos façam.

1. O cerco de Ben-Hadade a Samaria e o cerco de Satanás e seus exércitos ao mundo.
Assim como Ben-Hadade cercou Samaria, Satanás tem cercado o mundo. A Bíblia diz que Satanás é o “príncipe deste mundo” João 12.31; “o príncipe deste mundo” 14.30; “E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado” 16.11.
A bíblia também o chama de: O “deus desta era2Coríntios 4.4, ou seja, ele tem autoridade sobre o mundo e sobre a presente era. Ela, a bíblia também diz que “o mundo todo está sob o poder do maligno1 João 5.19.

2. As circunstâncias causadas pelo cerco de Ben-Hadade e as circunstâncias causadas pelo cerco de Satanás.
O texto de 2 Reis 6.25-33 apresenta algumas das circunstâncias causadas pelo cerco de Bem-Hadade:
Fome (v.25); “E houve grande fome em Samaria
Miséria e inflação (v.25);
Desespero, inversão de valores e barbaridade (v.26-29); E sucedeu que, passando o rei pelo muro, uma mulher lhe bradou, dizendo: Acode-me, ó rei meu senhor.
E ele lhe disse: Se o Senhor te não acode, donde te acudirei eu? Da eira ou do lagar
?
Disse-lhe mais o rei: Que tens? E disse ela: Esta mulher me disse: Dá cá o teu filho, para que hoje o comamos, e amanhã comeremos o meu filho.
Cozemos, pois, o meu filho, e o comemos; mas dizendo-lhe eu ao outro dia: Dá cá o teu filho, para que o comamos; escondeu o seu filho
.
Indignação contra Deus (v.30-33). “E sucedeu que, ouvindo o rei as palavras desta mulher, rasgou as suas vestes, e ia passando pelo muro; e o povo viu que o rei trazia cilício por dentro, sobre a sua carne,
E disse: Assim me faça Deus, e outro tanto, se a cabeça de Eliseu, filho de Safate, hoje ficar sobre ele. Estava então Eliseu assentado em sua casa, e também os anciãos estavam assentados com ele. E enviou o rei um homem adiante de si; mas, antes que o mensageiro viesse a ele, disse ele aos anciãos: Vistes como o filho do homicida mandou tirar-me a cabeça? Olhai pois que, quando vier o mensageiro, fechai-lhe a porta, e empurrai-o para fora com a porta; porventura não vem, após ele, o ruído dos pés de seu senhor? E, estando ele ainda falando com eles, eis que o mensageiro descia a ele; e disse: Eis que este mal vem do Senhor, que mais, pois, esperaria do Senhor?
Semelhantemente, o cerco de Satanás ao mundo também tem causado problemas. A Bíblia diz que ele veio para “roubar, matar e destruirJoão 10.10.
Eis alguns dos problemas do mundo de hoje:
• Miséria e desespero;
• Inversão de valores e barbaridades;
• Incredulidade e murmuração;
• Violência e doenças.

3. A palavra de esperança do profeta Eliseu e a palavra de esperança do Evangelho de Cristo.
Em 2Reis 7.1, está registrada uma palavra de esperança dada pelo profeta Eliseu em meio àquelas circunstâncias. Ele disse: “Ouçam a palavra do Senhor! Assim diz o Senhor: ‘Amanhã, por volta desta hora, na porta de Samaria, tanto uma medida de farinha como duas medidas de cevada serão vendidas por uma peça de prata2Reis 7.1
Semelhantemente, no Evangelho de Cristo, há uma palavra de esperança para o mundo. Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamenteJoão 10.10
A Bíblia diz: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eternaJoão 3.16

4. A incredulidade do oficial de Ben-Hadade e sua consequente rejeição e a incredulidade do mundo e sua consequente condenação.
Em 2Reis 7.2, está escrito que um dos oficiais de Ben-Hadade duvidou da palavra de Eliseu e que, por isso, ele foi excluído da benção que haveria de vir. Assim também, todos aqueles que não crêem no Evangelho e o rejeitam serão condenados.
A Bíblia diz, em João 3.17-18: Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus.

5. Os quatro leprosos que encontram provisão e aqueles que encontram o Reino de Deus.
O texto de 2Reis 7.3-8
Que texto bíblico maravilhoso, que vem nos relatar que quatro leprosos encontraram comida, bebida, vestes e riquezas ao se depararem com o acampamento dos sírios abandonado e entrarem livremente em suas tendas.
Assim também, todo aquele que encontra o Reino de Deus é provido de vida plena, conforme as palavras de João 10.10 e João 3.16, ou seja, tem todas as suas necessidades supridas (espirituais, emocionais, físicas, etc).

6. A decisão de compartilhar a boa notícia com Samaria e a decisão de compartilhar o evangelho do Reino de Deus com aqueles que o desconhecem.
Em 2Reis 7.9-11, estão registradas palavras importantíssimas acerca dos quatro leprosos: “Então disseram uns aos outros: ‘Não estamos agindo certo. Este é um dia de boas notícias, e não podemos ficar calados. Se esperarmos até o amanhecer, seremos castigados. Vamos imediatamente contar tudo ao palácio do rei’. Então foram, chamaram as sentinelas da porta da cidade e lhes contaram: ‘Entramos no acampamento arameu e não vimos nem ouvimos ninguém. Havia apenas cavalos e jumentos amarrados, e tendas abandonadas’. As sentinelas da porta proclamaram a notícia, e ela foi anunciada dentro do palácio”. Aqueles quatro leprosos perceberam que não seria correto ficarem calados e não compartilharem a boa notícia daquela grande provisão com Samaria, usufruindo dela sozinhos. Eles deveriam contá-la o quanto antes ao rei, de modo que todo o povo pudesse participar daquela grande benção!
Semelhantemente, todo aquele que encontra o Reino de Deus e passa a usufruir de seus benefícios não pode ficar calado! Se assim o faz, não está agindo certo! O Evangelho do Reino de Deus deve ser compartilhado com todo o mundo sem demora, imediatamente! Jesus disse: “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoasMarcos 16.15

7. A incredulidade e desconfiança do rei de Samaria e seus conselheiros e a incredulidade e desconfiança de alguns que ouvem o Evangelho.
Apesar da boa notícia, 2Reis 7.12-13 nos mostra que o rei de Samaria e seus conselheiros reagiram com incredulidade e desconfiança. Assim também, por incrível que pareça, é possível que pessoas reajam negativamente ao Evangelho, rejeitando-o. A Bíblia nos mostra, em muitos textos, Jesus e seus discípulos sendo rejeitados e perseguidos por causa da mensagem pregada. Em João 1.10-12, está escrito: “Aquele que é a Palavra estava no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o reconheceu”. “Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus”.

8. A prosperidade do povo de Samaria e a vida abundante dos crentes no evangelho.
O texto de 2Reis 7.14-16 nos conta que o rei de Samaria, desconfiado, enviou alguns de seus homens para verificarem se o relato apresentado pelos quatro leprosos era verdadeiro ou não. Esses homens retornaram ao rei com confirmações da veracidade do relato. Assim, o povo de Samaria foi ao acampamento dos arameus e o saqueou, voltando a ter prosperidade em sua terra.
Semelhantemente, aqueles que ouvem o Evangelho podem e devem fazer um teste com ele, se estiverem com um pouco de desconfiança. Mas, ao fazerem esse teste com o coração aberto e tocado pelo Espírito Santo, certamente eles verão que o Evangelho é verdadeiro em tudo o que afirma e que o crente, verdadeiramente, tem uma vida abundante (João 10.10).

9. A punição do oficial incrédulo e a condenação dos incrédulos.
Em 2Reis 7.17-20, está o registro do cumprimento da palavra proferida pelo profeta Eliseu, em 2Reis 7.2, contra um dos oficiais do rei. Por causa de sua incredulidade, aquele oficial foi morto por atropelamento e não pôde participar da benção proporcionada pelo Senhor aos israelitas. Assim também, todo aquele que não crê no Evangelho do Reino de Deus, de fato, será condenado. A Bíblia diz que o fim dos incrédulos é o lago de fogo (Apocalipse 20.15).
E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo”.  Apocalipse 20:15

Conclusão e desafios:
A partir do que foi dito, podemos chegar às seguintes conclusões:
• Satanás e seus demônios têm cercado e oprimido o mundo, causando-lhe prejuízos;
• Há muitas pessoas neste mundo sofrendo com essa opressão e prejuízos;
• No Evangelho do Reino de Deus, há uma palavra de esperança para essas pessoas que tem sofrido;
• Algumas pessoas crêem nesse Evangelho e, por isso, são libertas da opressão e passam a ter uma vida plena;
• Outras pessoas não crêem no Evangelho e, além de permanecerem na opressão, serão condenadas por causa da incredulidade;

• Aqueles que foram libertos da opressão e passaram a ter vida plena por causa do Evangelho devem compartilhá-lo, o quanto antes, com aqueles que ainda não o conhecem a vida em Jesus.
Share on Google Plus

About Pastor Euller Souza

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário