Seja bem-vindo ª

Seja bem-vindo ª

Paixão por Deus.

Paixão por Deus.
Serie de mensagens sobre paixão contagiante.

1. Você já se apaixonou por alguém? Como foi viver apaixonado? Como era o seu comportamento no dia a dia, movido por essa paixão?
2. Você já foi correspondido em uma paixão? E quando não foi correspondido, como você reagiu?
Hoje daremos início a uma pequena serie de mensagens DOMINICAIS sobre, “Paixão Contagiante”, que trata do avivamento espiritual.
O objetivo principal é despertar no coração de cada participante de nossas igreja e em nossos PG’s (pequenos grupos familiares) uma paixão que se propaga como o fogo em um incêndio, contagiando a todos.
Toda paixão tem seu objeto de desejo. Numa paixão romântica, o alvo é o homem ou a mulher. Nestas mensagens que vou ministrar, trataremos de quatro focos de nossa paixão: Deus, santidade, o perdido e a Igreja.

Hoje será por tema:  Paixão por Deus
Isaías 55.6 declara: Busquem o Senhor enquanto é possível achá-lo. Clamem por ele enquanto está perto.
Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”.

Introdução:
Se buscar a Deus é possível e temos de agir hoje, por ser uma oportunidade passageira (em vida e não na morte), o que devemos fazer? Que atitudes devem ter os que se aproximam de Deus?
A resposta está em Jeremias 29.12-14: “Vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Eu me deixarei ser encontrado por vocês”, declara o Senhor. Antes de tudo, esse texto reafirma a ideia de que Deus está acessível e quer ser encontrado. Entretanto, ele estabelece condições para isso.

1. Buscar a Deus é real, e possível.
É possível buscar a Deus e achá-lo, afirma o profeta. Ele está perto para ouvir o clamor dos seres humanos, pois ele está acessível. Buscar a Deus é algo que requer fé, já que “sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem se aproxima de Deus precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam”, Hebreus 11.6.
Nada melhor do que crer que o Senhor está perto e que podemos achá-lo.
Por que Deus está perto e se deixa encontrar? Porque ele é apaixonado pelo ser humano e deseja estar com ele. Antes de nos apaixonarmos por Deus, ele já estava apaixonado por nós. A iniciativa da conquista foi dele. “Nós amamos porque ele nos amou primeiro”, é o que se lê em 1 João 4.19.
Deus é quem está nos buscando e não nós a ele. Gênesis 3.8-9 narra como o homem e a mulher se esconderam da presença do Senhor.  No entanto, ele lhes perguntou e continua a perguntar-nos hoje: “Onde está você?”.
Tiago responde a essa questão ao escrever: “Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês”. O Pai deseja esse encontro e já deu o primeiro passo.

2. Buscar a Deus é uma oportunidade passageira
Por duas vezes Isaías 55.6 apresenta a palavra “enquanto”. Busquem ao Senhor enquanto é possível achá-lo. Clamem por ele enquanto está perto. Qual a mensagem contida nessa palavra? Chegará um tempo em que buscarão ao Senhor, mas não será encontrado; clamarão por ele, mas ele não estará por perto para ouvir.
Hoje é possível buscar a Deus, pois ele está acessível; através de Jesus podemos ser filhos e amigos de Deus, hoje é o tempo de busca ao Senhor.
Mas essa oportunidade passará. Quando será isso?
Não há como definir esse tempo, em termos de calendário. O que podemos afirmar com certeza é que a oportunidade para se buscar a Deus findará quando o Senhor Jesus voltar à Terra. “Vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor. Mas entendam isto: se o dono da casa soubesse a que hora da noite o ladrão viria, ele ficaria de guarda e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. Assim, vocês também precisam estar preparados, porque o Filho do homem virá numa hora em que vocês menos esperam,” nos adverte Jesus em Mateus 24.42-44
A oportunidade para buscar a Deus irá passar repentinamente. Por isso, não podemos perdê-la, deixando-a para depois, adiando-a para amanhã. O tempo para buscarmos ao Senhor e o encontrarmos é hoje. Ele está à nossa procura agora. “Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração,” nos alerta Hebreus 3.7.

3. Buscar a Deus pede sinceridade e intensidade
Jeremias declara que devemos buscar a Deus de todo o coração. “Coração” aponta para sinceridade; “todo” aponta para intensidade (intensidade).
Ame o Senhor o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento”, disse Jesus em Mateus 22.37.
Davi buscava a Deus com toda a intensidade (paixão) do seu coração: “Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus?Salmo 42.1-2

4. Buscar a Deus pede perseverança. “Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração”.
Quando”, no texto de Jeremias, transmite a ideia de que se pode procurar a Deus e não encontrá-lo de imediato, o que confere a condição da perseverança a essa busca.
Jesus confirma isso, ao dizer:Suponham que um de vocês tenha um amigo e que recorra a ele à meia-noite e diga: ‘Amigo, empreste-me três pães, porque um amigo meu chegou de viagem, e não tenho nada para lhe oferecer’. E o que estiver dentro responda: ‘Não me incomode. A porta já está fechada, e eu e meus filhos já estamos deitados. Não posso me levantar e lhe dar o que me pede’. Eu lhes digo: Embora ele não se levante para dar-lhe o pão por ser seu amigo, por causa da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar. Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta,” Lucas 11.5-10.
Buscar a Deus pede a perseverança em pedir até receber, bater até que a porta seja aberta. Além dessas duas condições para buscar a Deus, outras três podem ser destacadas em 2 Crônicas 7.14: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra”.

5. Buscar a Deus pede humildade
Nesse texto de 2 Crônicas, a primeira condição apresentada pelo próprio Senhor para aquele que o busca e quer encontrá-lo é a humildade: se o meu povo se humilhar, dos céus eu ouvirei. A Bíblia nos ensina: “Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes”, Tiago 4.6. A busca a Deus pede humildade.

6. Buscar a Deus pede dedicação à oração
A segunda condição é a oração: se o meu povo orar, dos céus eu ouvirei. A orientação de Paulo em Colossenses 4.2 é: “Dediquem se à oração”, e também em 1 Tessalonicenses 5.17: “Orem continuamente. Buscar a Deus pede dedicação contínua à oração.

7. Buscar a Deus pede arrependimento
A condição é o arrependimento: “se o meu povo se afastar dos seus maus caminhos, dos céus eu ouvirei”. O pecado é uma barreira entre nós e Deus. Isso pode frustrar nossa busca. Isaías 59.1-2 declara: Vejam! “O braço do Senhor não está tão encolhido que não possa salvar, e o ser ouvido tão surdo que não possa ouvir. Mas as suas maldades separaram vocês do seu
Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá”.
Assim, para buscarmos a Deus e o encontrarmos, precisamos nos arrepender de nossos pecados, reconhecendo, confessando e deixando-os.

Conclusão:
Neste primeiro Domingo de “Paixão Contagiante”, aprendemos que a paixão por Deus se manifesta quando o buscamos. Aqui abordamos sete princípios bíblicos:
1. Buscar a Deus é real e possível, pois Deus existe e está acessível aos seres humanos;
2. Buscar a Deus é uma oportunidade passageira;
3. Buscar a Deus pede sinceridade e intensidade;
4. Buscar a Deus pede perseverança;
5. Buscar a Deus pede humildade;
6. Buscar a Deus pede dedicação à oração;
7. Buscar a Deus pede arrependimento.

Acesse também aos demais esboços dessa série de mensagens sobre paixão contagiante:
1- Paixão por Deushttp://calvariovida.blogspot.com.br/2016/06/paixao-por-deus.html
2- Paixão por Santidadehttp://calvariovida.blogspot.com.br/2016/07/paixao-por-santidade.html
3- Paixão pelos Perdidoshttp://calvariovida.blogspot.com.br/2016/07/paixao-pelos-perdidos.html
4- Paixão pela Igrejahttp://calvariovida.blogspot.com.br/2016/07/paixao-pela-igreja.html#more




Share on Google Plus

About Pastor Euller Souza

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário